«Os ministros do interior da Alemanha e da França já pediram filtros de uploads»

/ / Noticias Internacionais

Julia Reda, eurodeputada do Partido Pirata Alemão, aponta os filtros de uploads como uma ameaça aos direitos mais elementares dos internautas europeus e não hesita em classificar as compensações pagas pelas notícias distribuídas na Internet como uma «link tax»

 

Julia Reda, Eurodeputada eleita pelo Partido Pirata alemão, tem sido o principal rosto da luta contra os artigos mais polémicos da futura diretiva europeia dos direitos de autor. Além de alegar que vai ser criado um novo imposto europeu, a eurodeputada alemã aponta o dedo aos políticos que estão dispostos a autorizar a aplicação de filtros aos uploads dos internautas.

Vai votar contra na próxima na Comissão JURI… Não consegue vislumbrar nenhuma virtude na nova diretiva dos direitos de autor?

A nova diretiva é muito longa, e cobre muitas propostas. Muitas delas são muito positivas. O capítulo sobre educação, investigação, e instituições como bibliotecas que ficam com a vida mais facilitada para lidar com os direitos de autor. Também há alguns artigos que reforçam os poderes dos autores para negociarem com os produtores. Mas por outro lado, há duas propostas muito controversas. O imposto do link (link tax), por exemplo. É uma versão europeia de leis que existem em Espanha e Alemanha. E o mesmo acontece com a proposta dos filtros de upload.

Pode continuar a ler esta entrevista que saiu na Exame Informática Semanal, clicando aqui. (Acesso Livre e Gratuito)