PE: Marinho e Pinto considera difícil para Costa explicar à UE “triângulo” de engano

/ / Noticias Internacionais

Estrasburgo, França, 13 mar (Lusa) – O eurodeputado Marinho e Pinto disse hoje esperar que António Costa explique no Parlamento Europeu como encabeça um Governo apoiado por “partidos anti-União Europeia”, já que este “triângulo” de engano não está a dar uma boa imagem de Portugal.

Questionado sobre as suas expetativas relativamente à intervenção do primeiro-ministro no hemiciclo de Estrasburgo, na quarta-feira, no quadro do ciclo de debates sobre o futuro da Europa, o deputado – eleito em 2014 pelo Movimento Partido da Terra mas agora do Partido Democrático Republicano – começou por salientar que “o futuro da UE não depende muito daquilo que o primeiro-ministro disser”, pois Portugal, como muitos outros Estados-membros, “é um país com pouco peso político e económico na União”.

Todavia, sustentou, “Portugal deve clarificar alguns aspetos que fazem pairar algumas dúvidas em Bruxelas”, pois num “Governo suportado por partidos anti-UE, alguém está enganado nesta «ménage à trois», portanto seria bom que aqui se dissesse a verdade”.

“É óbvio que alguém – ou a Europa, ou o PCP e o Bloco de Esquerda – está a ser enganado neste processo. Este Governo não pode ser a síntese dessas duas tensões opostas, não há aqui síntese possível. O Governo, o PS, está a enganar um dos lados. Nas relações a três há sempre um que está a mais, não sei quem, mas isto não dá boa imagem de Portugal”, disse.

Insistindo que espera sobretudo ouvir “a verdade”, Marinho e Pinto disse ainda esperar que António Costa “diga a verdade da situação do país, diga a verdade quanto ao futuro, ao que pretende fazer e com que meios, e que trabalhe no sentido de Portugal pagar o que deve para poder lançar contas ao futuro”.

“É preciso controlar a dívida pública, que haja medidas para que haja investimento, sobretudo estrangeiro em Portugal, e não medidas ou discursos políticos que lancem dúvidas sobre os investidores”, defendeu.

O primeiro-ministro, António Costa, vai discursar na quarta-feira no hemiciclo de Estrasburgo, no quadro do ciclo de debates sobre o futuro da União Europeia com chefes de Estado e de Governo no Parlamento Europeu.

António Costa, que discursará no hemiciclo a partir das 10:00 locais (09:00 de Lisboa), será o terceiro líder europeu a participar neste ciclo de debates com a assembleia, iniciado este ano, depois dos primeiros-ministros da Irlanda, Leo Varadkar, em janeiro, e da Croácia, Andrej Plenkovic, em fevereiro, e antes do Presidente francês, Emmanuel Macron, o “convidado de honra” da sessão plenária de abril.

ACC/AMG // JPS

Lusa/fim